Scanner de mão Portatil

Nobreak

Câmera Genius 10MP

Roteador USB p/ rede 3G

Thin Client: segurança é uma das vantagens

terça-feira, 29 de dezembro de 2009


Para quem nunca ouviu falar, o Thin Client é um computador em uma rede de modelo cliente-servidor de duas camadas no qual tem poucos ou nenhum aplicativos instalados, de modo que depende primariamente de um servidor central para o processamento de atividades.

Um cliente-Servidor é dependente do servidor para poder funcionar. Sem ele não existe conexão com o cliente. Não existem programas instalados no cliente, mas sim no servidor apenas. Ele executa aplicativos cliente/servidor onde o processamento ocorre no servidor. É projetado para ser pequeno e de baixo custo.

Para o cliente, são utilizados apenas alguns hardwares e softwares. O bom disso é que não precisa de HD, porque isso está dentro do servidor. Ele utiliza apenas a memória para leitura. É necessário apenas monitor, teclado, mouse, caixa de som e CDROM para dar um funcionamento no cliente.

Quando se atualiza o servidor, ele faz os programas de todas as maquinas se atualizarem não precisando ficar atualizando uma por uma. O Thin-Client é usado em LAN, MAN e WAN.

Para empresas grandes, o uso do Thin-Client sempre tem as suas vantagens e suas desvantagens. A parte de segurança por um lado é ótima. Não existe HD, apenas memória.

Parte de hardware dentro do Thin-Client:



As vantagens são:

- Baixo custo de administração de TI;
- Facilidade de proteção;
- Baixo custo de hardware;
- Baixo consumo de energia;
- Valor desprezível para a maioria dos ladrões;
- Resistência a ambientes hostis;
- Menor largura de banda de rede.

Alguns exemplos de protocolos usados na comunicação entre os thin clients e o servidor:

- XML sobre HTTP: Usado por XHTML e BXML da Backbase para definir Rich Internet Aplications;
- X11: Usado essencialmente por todas as variantes de Unix;
- Tecnologia NX: Comprime o protocolo X11 para melhor performance;
- VNC: Possibilita compartilhamento (virtual) de área de trabalho;
- Citrix ICA: Com MetaFrame;

- RDP: O mecanismo padrão de acesso remoto para o MS-Windows;
- HTML sobre HTTP: Usado por uma miríade de aplicativos web.

Esquema de Empresas Grandes:



Acesse nossa Loja Virtual e confira os produtos Thin Client

Aprenda a cuidar do seu notebook

terça-feira, 22 de dezembro de 2009



Dicas de cuidados com o notebook
Loja Deltatronic

Para manter o notebook funcionando da melhor forma possível, mesmo utilizando o aparelho com muita freqüência, é preciso tomar alguns cuidados.

Além do transporte, existem precauções básicas no dia-a-dia que podem evitar dores de cabeça desnecessárias. As medidas preventivas incluem cuidados com o teclado, com o HD e muita, muita atenção com a tela.

A tela é a maior e mais cara peça do notebook. Além disso, não é possível fazer manutenção de somente uma parte dela. Rachaduras e riscos em uma parte da tela exigem a substituição da mesma, por tratar-se de uma peça inteira. Por isso, todo o cuidado é pouco. Não é recomendado guardar objetos junto com o equipamento, tais como celulares e baterias. Muito menos dentro do próprio notebook, o que ocorre muitas vezes por descuido ou puro esquecimento de canetas, lápis, papéis e clips.

O teclado é outra parte sensível do laptop. É importante não beber ou comer enquanto estiver com ele aberto. E, sempre que possível, utilizar um pincel ou escova para remover partículas. Se, por um acidente, for derrubado líquido no aparelho, é importante desligar o aparelho e retirá-lo da tomada. A máquina não pode ser religada até que esteja totalmente seca, para evitar danos como um curto-circuito, por exemplo.

Danos no disco rígido também são muito freqüentes em caso de descuido. Esse componente é muito sensível, e qualquer movimento brusco, como uma batida na mesa ou queda, pode danificar o HD. Muitas vezes, as informações podem ser irrecuperáveis. Para evitar estragos, o usuário deve utilizar uma mochila ou maleta especial para o transporte do notebook. O aparelho deve ser transportado desligado, ou em modo de suspensão. Outra recomendação importante é garantir o backup dos seus dados. Alguns notebooks apresentam proteção especial, com chips internos que conseguem detectar movimentos e proteger o disco antes de uma queda, por exemplo.

A Deltatronic faz a manutenção do seu Notebook: Clique Confira

A bateria, por ser um componente com vida útil, também merece cuidados especiais. Se o usuário deixar de ligar o notebook por alguns dias ou até meses, é recomendável retirar a bateria. Reduzir a luminosidade da tela também é uma boa medida para evitar gastos de carga. Para recarregar, não é aconselhável desligar o carregador antes de completar a recarga, nem carregar a bateria antes que ela chegue ao limite. A primeira carga é outro item que merece atenção: deve levar, no mínimo, 12 horas.

1 - Condicionamento da bateria

Este é um ponto crucial que quase ninguém presta atenção.

Primeiramente, o óbvio: quando os fabricantes colocam aquelas pequeninas etiquetas dizendo: “ATTENTION: Charge battery for X hours before using” (“ATENÇÃO: Recarregue a bateria por X horas antes de usar”), eles não estão brincando. Utilizando o notebook com carga insuficiente, além de proporcionar pouco tempo de uso efetivo, pode diminuir a vida útil da bateria.

As baterias do tipo NiCad (pouco usadas atualmente) e NiMH, sofrem este condicionamento, já as baterias do tipo Li-ion (mais modernas) estão, teoricamente, livres deste mal.

Como proceder corretamente no condicionamento de uma bateria nova:

Ao carregar pela primeira vez a bateria, carregue-a por completo. Use-a até o final de sua carga e repita o processo quando precisar recarregar

2 - Evite tocar a tela LCD

Muitos se esquecem que a tela do notebook não é coberta por uma dura e grossa camada de vidro como os monitores convencionais. Quando você toca a tela, na verdade está em contato com uma leve, sutil membrana que se pressionada pode danificar os pixels (menor unidade de resolução do monitor) atrás dela.

Procure, também tomar cuidado com produtos de limpeza na tela do seu notebook, eles podem sombrear e descolorir parte da tela.

Quando se torna inevitável uma limpeza, passe levemente uma flanela ou um pano macio seco, tirando somente o excesso de pó, logo após passe bem suavemente um pano macio umidecido para tirar possíveis impressões digitais e outras marcas no LCD.

Pessoalmente é recomendável utilizar pedaços fartos de algodão.

3 - Telas touchscreen

Para os notes que possuem telas touchscreen, é bom lembrar que, o fato de que a tela de seu computador é configurada para aceitar o toque manual, não quer dizer que ela é resistente a sujeiras, riscos e outros danos.

Na verdade é mais provável que ela sofra algumas danificações e deve ser limpa com mais freqüência.

Não se esqueça de que é sempre necessário estar com as mãos bem higienizadas antes de utilizar este tipo de tela.

4 - Proteção de Tela

Você também deve dar à sua tela algum descanso. Monitores LCD, ao contrário dos desktop convencionais (tubo), não sofrem a perda de dot pitch ou o gasto de fósforo contido nos monitores, e por isso não precisam de proteção de tela ou tela de descanso.

Mas na verdade, uma proteção de tela pode "acordar" hard disk drives e processadores do modo suspenso. Eles, também, poupam ocupação do sistema e energia das baterias.

Deixando seu notebook em modo de espera ou na tela de descanso quando não estiver usando, você aumenta a vida útil do seu portátil e também da tela, um dos componentes mais caros para reposição.


5 - Teclados

Os teclados também precisam de cuidados especiais e freqüentes se você quer prevenir teclas travadas e sem respostas/morta. Para se livrar do pó e sujeira que caem entre as teclas, um pequeno aspirador feito para computadores pode ajudar. Infelizmente, este tipo de aparelho além de caro, não são fortes o bastante sugar pequenas partículas de sujeira.

Neste caso você pode usar um clipe de papéis comum, sempre com o cuidado em não afundar mais essas partículas para baixo do teclado. Apesar de alguns notebooks possuírem os teclados selados, outros têm muitas partes sensíveis que não devem ser danificadas.


6 - Trackballs, touchpads, pointing sticks

Como qualquer mouse convencional, os referentes ao notebook (trackballs, touchpads, pointing sticks), também acumulam sujeira e merecem uma limpeza regularmente. No caso das trackballs, fique de olho ao redor delas, pois os cantos em volta da esfera acumulam muita poeira e sujeira. O mesmo acontece com os pointing sticks (aquela bolinha de borracha no meio do teclado), para realizar uma limpeza eficaz use um aspirador próprio para computadores ou ar comprimido, caso não os tenha, você pode recorrer ao velho clipe de papéis mas com muito cuidado ao utiliza-lo.

Já para a limpeza dos mouses tipo touchpads, recomenda-se a mesma forma de limpeza dos monitores LCD, já discutida nestas dicas.


7 - HDs

Os discos rígidos são os componentes mais delicados em qualquer computador portátil. Estudos recentes mostram que “crashes” (falhas) no disco rígido são as causas mais comuns em se tratando de defeitos em notebooks. Para evitar problemas, utilize regularmente um programa de manutenção de hard disk. Rode uma aplicação de reparo pelo menos uma vez por mês ou mais e remova qualquer arquivo supérfluo, podendo utilizar os defragmentadores de disco rígido.

Evite ao máximo mover seu notebook de lugar enquanto o disco rígido estiver trabalhando e sempre desligue o notebook apropriadamente.


8 - Fonte

Nunca troque adaptadores AC e recarregadores de baterias entre qualquer computador portátil. Mesmo se eles possuírem o conector igual e a mesma saída em número de volts. O suprimento errado de energia ao adaptador de AC pode “tostar”sua bateria e “fritar”seu computador portátil. Na hora de comprar um adaptador, certifique-se de que ele produz a mesma carga de amperes tal como a mesma carga de volts.

Poucos amperes e o adaptador começa a fumegar tentando suprir a energia do seu notebook, muitos amperes e o suprimento de energia de seu computador pode ser danificado, fique atento.

Se precisar, faça a manutenção do seu notebook na Deltatronic!
Instalação de memórias, troca de HD, periféricos diversos, peças e acessórios;

Conheça a loja Virtual Deltatronic

Cineasta James Cameron reinventa tecnologia 3D

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009


Fonte: Site Omelete e Revista Variety

Em uma troca de e-mails com a Variety, o cineasta James Cameron falou não só sobre seu projeto mais recente, a ficção científica Avatar, como também sobre a tecnologia 3-D, aquela que ressuscitou os óculos especiais e que Hollywood acredita ser o futuro do cinema (ou pelo menos a justificativa maior para que o público não troque o cinema pela sala de estar no futuro próximo).

"Godard falou uma verdade: cinema é mentira a 24 quadros por segundo. É tudo ilusão, e o prêmio vai para quem faz essa ilusão parecer mais real e envolvente. Quando você assiste a uma cena em 3-D, o senso de realismo é supercarregado. Tudos os filmes que eu fiz antes teriam se beneficiado completamente desse novo 3-D. Então, criativamente, eu vejo o formato como uma evolução natural para a minha obra.

Ter 3-D em casa? A única limitação de ter exibição 3-D dentro de casa é o número de filmes disponíveis. Quando houver mais produtos, as companhias de eletrônicos farão mais TVs. A tecnologia existe e está avançando. A Samsung já produziu 2 milhões de TVs widescreen de plasma que decodificam uma excelente imagem 3-D. Mas devemos lembrar que o bom 3-D requer uma relação imersiva entre a tela e quem assiste. A não ser que você assista com o nariz colado em uma tela de 50 polegadas, a experiência não será a mesma da sala de cinema.

Em Avatar não estou filmando diferente, compondo enquadramentos diferentes só porque é 3-D. Meu estilo é o mesmo. Na verdade, depois das primeiras semanas de flmagens, parei de olhar para as tomadas em 3-D enquanto trabalhava, ainda que as câmeras digitais me permitam ver em tempo real as imagens tridimensionais. Eu tinha alguém para checar se o 3-D ficou bom [a imagem 3-D é composta por duas câmeras captando a imagem simultaneamente, como os dois olhos humanos, e é essencial medir bem a distância entre essas duas câmeras para que não haja distorções], em uma pequena sala de cinema que montamos do lado do set. Eu arrumo as tomadas em 2-D num monitor dentro do set, enquanto no fundo da minha cabeça estou imaginando como ficará em 3-D. Desse jeito sei que estou fazendo um bom filme em 2-D. Depois eu monto num [software] Avid normal em 2-D, pelo mesmo motivo.

>Minha missão era manter toda essa idéia de 3-D fora da cabeça dos atores. A maioria esqueceu que estávamos rodando em 3-D, porque no monitor que temos no set a imagem sai em 2-D. Daí, de vez em quando, um dos atores ia no cinema do lado ver como ficaram os copiões, já em 3-D, e saíam com os olhos arregalados.

Eu planejo rodar um filme pequeno do gênero drama em 3-D depois de Avatar, só para provar que a tecnologia não deve ficar restrita a aventuras ou espetáculos musicais. No próprio Avatar há cenas que são puro drama, sem ação ou efeitos, e essas cenas funcionam bem. Acho que o 3-D pode funcionar em um drama de longa-metragem, mas cineastas e estúdios terão que pesar o custo disso [produzir um drama em 3-D].

Eu diria que daqui a dez ou quinze anos telas com 3-D estarão em todos os lugares, de cinemas a propagandas a céu aberto, de TVs a celulares. No futuro mostrado em Avatar, todas os aparelhos com tela, incluindo portáteis ou mesmo fotografias, são em 3-D."


Simulador de realidade virtual é capaz de induzir sensações

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Fonte: Site Inovação Tecnológica - 15/12/2009

Pesquisadores europeus inauguraram a mais avançada sala de realidade virtual do mundo, usando conceitos inéditos para mesclar o real e o virtual.

Dotada de sensores, sistemas de visualização e programas que vão muito além das atuais cavernas digitais, a sala está sendo chamada de Máquina de Indução de Experiências Sensoriais.

Seus objetivos vão desde o teste de novas ferramentas de visualização de experimentos científicos e simulação de equipamentos industriais, até o teste de novas interfaces e o controle de computadores por meio de impulsos cerebrais.

Mundos real e virtual encontram-se na Máquina de Indução de Sensações
A mais avançada sala de realidade virtual do mundo, inaugurada na Europa, engana o cérebro ao manter o mundo virtual na escala humana.

Pesquisadores europeus inauguraram a mais avançada sala de realidade virtual do mundo, usando conceitos inéditos para mesclar o real e o virtual.

Dotada de sensores, sistemas de visualização e programas que vão muito além das atuais cavernas digitais, a sala está sendo chamada de Máquina de Indução de Experiências Sensoriais.

Seus objetivos vão desde o teste de novas ferramentas de visualização de experimentos científicos e simulação de equipamentos industriais, até o teste de novas interfaces e o controle de computadores por meio de impulsos cerebrais.

Misturando real e virtual

A Máquina de Indução de Experiências Sensoriais é uma sala contendo o suprassumo das pesquisas com realidade virtual. Seus ladrilhos sensíveis ao toque e as animações suaves e de altíssima definição ajudam a criar uma experiência virtual realmente envolvente e, como dizem os pesquisadores, uma experiência crível.

A construção da sala de realidade virtual é parte do projeto Presenccia, cujo objetivo é estudar o comportamento humano em um ambiente de realidade híbrida, que mescla real e virtual.

Demandas psicológicas do cérebro

Durante a construção da máquina de indução sensorial, o professor Paul Verschure e seus colegas da Universidade Fabra Pompeu, na Espanha, basearam-se em como o cérebro humano interpreta o mundo real. A partir desse conhecimento, eles partiram para desenvolver as tecnologias que atendam às demandas psicológicas do cérebro, de forma a criar uma experiência realmente envolvente.

Por exemplo, as animações dentro da sala não podem saltar de uma cena para outra, como acontece no cinema e na televisão - porque isto simplesmente não acontece no mundo real. Em vez disso, as animações devem constituir um fluxo contínuo de estímulos que satisfaçam adequadamente as expectativas de todos os observadores, independentemente de sua posição no interior da sala.



Outro foco das pesquisas conduzidas na sala de indução sensorial é na busca de um melhor entendimento sobre nós mesmos.

O coordenador do projeto Presenccia, Mel Slater, acredita que a habilidade para usar nossos corpos como fazemos no mundo real é uma característica chave para a criação de ambientes de realidade virtual realmente críveis, que façam as pessoas sentirem-se imersas no mundo virtual como se ele fosse real.

Os primeiros resultados indicam que o cérebro pode ser "enganado" facilmente quando a pessoa interage com um ambiente virtual que obedeça à escala humana, onde é possível e necessário virar a cabeça para olhar em volta, abaixar-se para pegar algo, enfim, onde se possa usar o corpo de forma natural. A regra parece ser: mantenha tudo na escala humana e nosso cérebro irá interpretar o ambiente como se ele fosse real.

Os pesquisadores afirmam que as novas ideias é que tornam a máquina de indução de sensações um equipamento único. A sala virtual poderá ser utilizada ainda para treinamentos simulados, jogos e até mesmo para uma nova geração de cinema interativo.

Compartilhe sua rede 3G com o roteador Redeair

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

O roteador da RedeAir é uma boa opção para que quer compartilhar a conexão 3G além da conexão comum. O Router 3G tem cinco portas Fast Ethernet sendo uma WAN e quatro LAN, além da porta USB para conectar o modem 3G.

Como os serviços de rede celular estão ficando cada vez mais estáveis, os roteadores 3G deixaram de ser apenas uma coisa nova para se tornar algo realmente útil dentro de casa. E o Router 3G USB, da RedeAir, é uma opção interessante avaliada pelo INFOLAB.

O equipamento aceita modems de qualquer operadora e compartilha a conexão no padrão Super G.

Em relação ao alcance, não há do que reclamar. O produto mostrou potência de sinal de 80% quando estávamos a 30 metros dele, navegando na internet com um notebook em ambiente de escritório com divisórias de papelão. Não houve interrupções em nenhum momento.

O roteador está recheado de recursos, como o Virtual Server, que permite redirecionar um tipo específico de tráfego a um IP de rede interna, e a liberação de portas para determinadas aplicações, como games. Ele não possui configuração de load balance, mas tem ajustes de QoS, usados para definir a priorização de tráfego .
o produto vem com tudo o que precisa ter, como criptografias WEP, WPA e WPA2, além de filtros por URL e Mac, com agendamento de horários específicos. Não há suporte a SSL e a autenticação é feita via sistema.

Acesse a Loja Deltatronic e confira o Roteador 3G da Redeair

Índia quer construir computador mais barato

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

O Governo de Nova Deli, na Índia, pretende criar o computador portátil mais barato do mundo, com um preço de venda ao público inferior a 20 dólares, segundo o "Financial Times".

O novo portátil, com 2Gb de memória deverá entrar no mercado dentro de seis meses.
O computador poderá ser distribuído pelas escolas da Índia por um preço ainda mais baixo, 10 dólares (menos de oito euros).

O projeto faz parte dos planos do governo indiano de inclusão digital de 18 mil institutos e 400 universidades. A Índia já não é pioneira neste tipo de projetos. No ano passado lançou o carro mais barato do mundo, com um preço de 1.700 euros.

Construído primeiro computador quântico do mundo

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Um consórcio de pesquisadores do Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia (NIST), em Boulder, Colorado, exibiu o primeiro computador quântico universal programável do mundo. Segundo um relatório publicado na New Scientist, a máquina tem futuro mas, por enquanto, ainda está "verde".

Computadores quânticos estão em pesquisa há muitos anos, mas nunca se havia conseguido construir nada prático até junho de 2009, quando a Universidade de Yale, nos Estados Unidos, anunciou o primeiro processador quântico rudimentar. Mas o processador de Yale conseguia fazer apenas algumas operações simples e o anúncio do NIST parece ser um passo adiante.

Em um computador comum, a menor unidade de informação é o bit, que pode ter dois valores: zero (desligado) ou um (ligado). Seu equivalente quântico é o qubit (quantum bit), que tem um diferencial: pode assumir vários estados superpostos ao mesmo tempo, armazenando mais informação.

Um computador quântico fica exponencialmente mais poderoso a cada "qubit" adicionado. Para se ter uma ideia de seu potencial, estima-se que mesmo máquinas simples poderiam ser capazes de quebrar, em questão de minutos, cifras criptográficas consideradas impenetráveis para os computadores atuais, já que os cálculos demorariam milhares de vezes mais que o tempo de vida de seus programadores.

Computadores quânticos são capazes deste feito ao tirar proveito da capacidade de superposição dos qubits para testar todas as combinações possíveis ao mesmo tempo, enquanto nossas máquinas tem que testar cada combinação sequencialmente, uma a uma.

A máquina do NIST também usa apenas dois qubits e armazena dados binários em um par de íons de berílio, que são mantidos em espécie de "armadilha" eletromagnética, de cerca de 200 micrômeros, e manipulados com laser ultravioleta. A "armadilha" contém ainda dois íons de magnésio para resfriar os íons de berílio.

Como em um computador clássico, uma série de portas lógicas, com funções como "NÃO E", "OU" e "OU EXCLUSIVO", processa a informação. "Por exemplo, (da mesma forma que nos computadores tradicionais), uma simples porta inversora "qubit" mudaria seu estado de "1" para "0" e vice-versa", diz David Hanneke, um membro da equipe de cientistas ao Newscientist.

Mas, ao contrário dos bits na computação convencional, que são elétricos, e de suas portas lógicas, que são componentes físicos de silício, as "portas" no computador quântico do NIST são pulsos de laser que alteram o estado das partículas nos átomos de berílio.

Embora haja um número infinito de possíveis operações com "qubits", a equipe optou por executar apenas 160 delas para demonstrar a universalidade do processador. Após rodar cada uma das operações 900 vezes, os cientistas conseguiram um índice de precisão de apenas 79%, o que mostra que o computador ainda precisa ser aperfeiçoado.

Francesa APC compra a brasileira Microsol

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

A APC, pertencente ao grupo francês Schneider Electric, acertou uma proposta para comprar a empresa brasileira Microsol.

Com a aquisição, a APC expande sua atuação no mercado. A Microsol está concentrada em produtos de massa, como equipamentos de proteção de computadores pessoais (estabilizadores) contra problemas na rede elétrica.

Além disso, o negócio também amplia a cobertura geográfica da APC. A empresa está bem instalada no Sul e no Sudeste, enquanto a Microsol é forte nas regiões Norte e Nordeste do país.

A Microsol será integrada à APC Brasil. A brasileira se tornará parte da unidade de negócios de soluções e serviços para ambientes críticos de energia e refrigeração da Schneider Electric, detentora da APC.

Microsol

Há 25 anos no mercado, a Microsol já vendeu mais de 5,8 milhões de produtos. A companhia possui certificado ISO 9001:2000 e em 2006 ficou em 12° lugar entre as 100 Pequenas e Médias Empresas que mais crescem no Brasil, na pesquisa realizada pela Revista Exame PME.

A empresa anualmente investe no mínimo 5% do faturamento bruto em Pesquisa e Desenvolvimento, mantém equipe própria de engenharia e convênios com centros e institutos, matriz e fábrica no Ceará, e filiais em São Paulo e na Bahia.

Conheça alguns dos produtos Microsol (estabilizadores) em nosso site!




Receptor TV Digital: 1-Seg ou Full-Seg?

segunda-feira, 23 de novembro de 2009


Você quer assistir TV com qualidade digital, e ainda não pode comprar uma full HD? Com um aparelho muito mais em conta, e que mais parece um pen drive, você consegue obter sinal de TV digital na tela de seu monitor. Os modernos receptores USB de TV Digital conectados ao seu PC permitem assistir e gravar programas de TV digital no computador com resolução de até 1920 x 1080 pixels!

A TV digital brasileira recebe dois tipos de sinais: o 1-Seg, de menor resolução, e o Full-Seg, de maior resolução. Alguns receptores mais baratos não especificam sua resolução e o máximo que eles alcançam é a de 320×180, que é este padrão que chamamos de 1-Seg. Este tipo de imagem só ficaria perfeita na tela de um celular.

Já em seu monitor, você só obteria a resolução desejada em uma tela do tamanho daquelas do Youtube. Por isso, o ideal é que o receptor seja do padrão Full-Seg (Full-HD), o que confere boa resolução em toda dimensão de seu monitor.

Isto se explica pela transmissão dos canais digitais em alta definição (Full Seg) ser transmitida em 1080i e feita para TVs estáticas, enquanto as transmissões do tipo 1 Seg são feitas para dispositivos móveis, visto que são de menor resolução e assim mais fáceis de serem captadas por estes dispositivos. Assim, fica ao gosto de cada um adquirir um Full Seg ou 1-Seg.




Para obter imagem e sinal de maior qualidade, principalmente com receptores 1-Seg, é claro que alguns pré-requisitos de seu PC são fundamentais. O processador influencia bastante, e para que você não corra risco de ter imagens congeladas seria interessante possuir um Dual Core ou Core Duo. Outros requisitos seriam um mínimo de 512 MB de RAM, 1 GB de disco, DirectX 9, Windows XP ou Vista e porta USB livre. O sistema Linux também não ajuda e não é recomendado. Verifique antes se o aparelho é compatível com o sinal do Brasil (SBTVD) e divirta-se!

Acesse nosso site e confira: Receptor de TV Digital Full Seg

LG lança drive interno Blu-ray de altíssima velocidade

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

A alta velocidade de gravação e leitura de Blu-ray sempre foi uma característica dos drives da LG. O LG BH08LS20 vem com entrada sata para garantir uma ótima perfomance chegando a 8x.

Com o LG BH08LS20 você pode utilizar o melhor da tecnologia Blu-Ray, além de ler e gravar DVD e CD. O drive conta ainda com a função LightScribe para você personalizar sua gravações com textos e imagens o rótulo do seu CD ou DVD. Já o O Silent Play é uma função que faz com que o ruído na leitura dos discos sejam bem menores. Ideal para assistir a filmes e ouvir música sem o incômodo do ruído da leitura na hora da reprodução.

Acesse nosso site e confira: Blue-Ray LG BH08LS20



D-Link lança nova tecnologia wireless em 150 Mbps

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

A D-Link anunciou uma linha de produtos que utiliza a nova tecnologia Wireless 150 Mbps (Megabites por segundo). Segundo a D-Link, a linha é composta pelos roteadores DI-524/150 e DIR-600, além da placa USB modelo DWA-125. Os três equipamentos operam no padrão 802.11G.

Segundo a desenvolvedora, o diferencial dos novos equipamentos é a migração da velocidade de transferência de dados, de 54 para 150 Mbps.

Com a tecnologia Wireless 150 Mbps, o DI-524/150 e o DIR-600 permitem uma navegação na Web otimizada, devido ao recurso Smart QoS (qualidade de serviço inteligente), que prioriza na rede o fluxo de arquivos multimídias, como vídeos e VoIP.

Os dois roteadores dispõem de um firewall que protege contra ataques de hackers e permite o gerenciamento de acessos. Junto também há a solução de criptografia nos padrões WEP (Wired Equivalent Privacy), WPA (Wi-Fi Protected Access) e WPA2.

Ambos roteadores possuem switch integrado de quatro portas, que possibilita a conexão direta de até quatro computadores e permite ao usuário economizar o valor de compra e instalação de um switch separado para as conexões de rede do computador.

O DIR-600 (Roteador Wireless Premium 150 Mbps) possui o recurso NAT (Network Address Translation), que possibilita múltiplos usuários se conectarem à Internet ao compartilhar um endereço IP único. Também dispõe da tecnologia Green Ethernet, com a meta de economizar energia.

Os roteadores possuem outros recursos, como WPS (Wi-Fi Protected Setup), Graphic Authentication (segurança baseada em autenticação gráfica para administração da rede), IPv6, WLAN Schedule e certificado para Windows 7.

Fonte: D-link do Brasil

Clique para conhecer: Roteador Wireless 150 mbps DIR 600 D-Link

Conheça a Loja Deltatronic em Belo Horizonte

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Fundada em 1986, a Deltatronic oferece a melhor solução em conectividade, tecnologia e informática, para seu dia-a-dia ou para sua empresa, procurando atender aos clientes da melhor forma possível.

Contamos com uma equipe de vendedores capacitados e que estão sempre prontos para ajudar.

Confira nossos produtos no site www.deltatronic.com.br e encontre a inovação perfeita para você!

Ou visite nossa loja em Belo Horizonte:
Av. Bias Fortes, 784 - Lourdes - Belo Horizonte/MG - Cep: 30170-011
(31) 3519-9980




Novo Site Deltatronic


A Loja Virtual Deltatronic está de Layout novo! A nova versão, desenvolvida pela Webvenda.com, possui layout mais moderno e mais prático, para você realizar suas compras com facilidade e segurança.

Não deixe de conhecer!

www.deltatronic.com.br