Scanner de mão Portatil

Nobreak

Câmera Genius 10MP

Roteador USB p/ rede 3G

Apple lança o Ipad, um portátil revolucionário (27/01/10)

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Steve Jobs, da Apple, lança o Ipad na CalifórniaDepois dos revolucionários Ipod e Iphone, a Apple está lançando um novo modelo hibrido de 'netbook' e 'e-book' que promete "revolucionar" o mercado de computadores portáteis, como a empresa conseguiu no passado recente dentro do mercado de Music Players e Celulares.

Até o lançamento oficial nesta quarta-feira (27/01/2010), em São Francisco, várias especulações sobre o layout do produto já haviam sido foram publicadas, algumas integrando o teclado e o visor. Mas, na verdade, o Ipad, nome oficial, é uma mistura de Ipod e Iphone e chega para agradar principalmente usuários de equipamentos de pequeno porte, como estudantes universitários ou empresários em trânsito e também disputar uma fatia de um mercado que começa a ganhar importante volume: o dos "readers" e "e-books", ou os chamados livros eletrônicos.

O Ipad pode ser considerado um Iphone gigante, graças a mesma tecnologia e interface do aparelho celular. O Ipad tem apenas 1,2 cm de espessura, pesa 680 gramas e a mesma tela multi-touch utilizada no telefone.

A pretensão da Apple, segundo Steve Jobs, CEO da empresa, é entrar na briga com o Kindle, o e-book da Amazon. A idéia é facilitar o download e a leitura de textos assim como o Itunes facilita a organização das músicas no Ipod.

O Ipad pode ser usado como um e-book para a leitura de livros, jornais e revistasSegundo rumores dos especialistas, o Ipad será um sucesso de vendas logo de cara, por ser mais multimídia que os concorrentes. O tablet vai abocanhar usuários de netbooks, e-books e Ipods, por ter uma funcionalidade parecida com todas estas plataformas, mas com um layout moderno e atraente.

Se for mesmo um sucesso, o Ipad também deve mexer com o mercado editorial e conquistar as editoras para a distribuição de e-books e conteúdos eletrônicos de jornais e revistas.

De qualquer forma, este portátil ainda deve demorar de um a dois meses para chegar ao mercado consumidor. O lançamento mundial está previsto para o final de março ou início de abril e deve custar entre U$ 499 e U$ 629 dependendo da configuração. Seu lançamento no Brasil ainda depende da aprovação da Anatel.
(Márcia de Lemos)

2 comentários:

Anônimo disse...

Lindo!!! Eu já quero um quando chegar ao Brasil!

27 de janeiro de 2010 14:38
Anônimo disse...

O deus Job e mais um dos seus lindos brinquedinhos!

27 de janeiro de 2010 17:36

Postar um comentário